Mary John

14,90 

Ana Pessoa, Bernardo P. Carvalho

Há semanas que ando a escrever-te. Não sei bem porquê. Não sei bem para quê. Quem és tu, Júlio Pirata? Ando a pensar na nossa história. Desde o princípio. Desde o primeiro encontro. Desde a primeira pergunta: “És menino ou menina?”
Eu sou uma menina por tua causa, Júlio. Deixei crescer o cabelo para ti, furei as orelhas para ti. Eu vivo e morro para ti. Todos os meses tenho o período, morro um bocadinho e penso em ti. Tu dizes: “Morreste!” E eu morro. Atiro-me para o chão de qualquer maneira.
E eu não quero isso. Eu nunca mais quero morrer, Júlio. Eu quero viver para sempre. Todos os minutos de todas as horas de todos os dias.

Numa longa carta dirigida a Júlio Pirata, Maria João faz o balanço dos anos vividos na praceta que ambos partilharam durante a infância e a adolescência.
Entre a mágoa e o humor, Maria João organiza os seus pensamentos e emoções, concentrando forças para inaugurar um novo capítulo da sua história.

Depois de “Supergigante”, Ana Pessoa regressa com uma história intensa que capta magistralmente a adolescência, num livro com ilustrações de Bernardo P. Carvalho que vai conquistar todos os leitores adolescentes e adultos que apreciem grandes obras literárias.

Este livro pertence à coleção 2 Passos e 1 Salto da Planeta Tangerina

Recomendado para leitores maiores de 14 anos.

Nº de páginas: 192
1.ª Edição: novembro 2016
1.ª Reimpressão: junho 2019

Prémios e menções:

Aconselhado — Plano Nacional de Leitura

Selecionado — “Melhores livros do ano”, pelo Banco del Libro, Venezuela (2020)

Recomendado — Prémio Fundación Cuatrogatos (2020)

Recomendado — Guia de livros infantis e juvenis IBBY, México (2020)

Seleccionado — White Raven 2017

Recomendado — Altamente Recomendável, categoria “Literatura em Língua Portuguesa”, FNLIJ 2016 (Brasil)

1 em stock

Também pode gostar…